efeom

11/01/2022

Atualmente, o mercado oferece uma grande variedade de suplementos alimentares com as
mais diversas funções e formulações. Diferentes suplementos dietéticos destinados a melhorar
a qualidade do sono estão disponíveis no mercado, mas nem sempre fica clara qual a real
função desses compostos para promover a melhora da qualidade do sono.
Pesquisas clínicas que avaliaram os efeitos da suplementação de magnésio e de zinco sobre a
qualidade do sono mostraram uma melhora efetiva dessas suplementações na qualidade geral
do sono. Essa melhora dos padrões de sono acontece porque o magnésio tem a capacidade de
aumentar a atividade da enzima serotonina N-acetiltransferase, que é uma enzima essencial
para promover a síntese de melatonina.


A melatonina é um hormônio que está principalmente envolvido na regulação do ciclo do
sono, mas também possui um forte efeito antioxidante por aumentar a atividade da enzima
superóxido dismutase (SOD) que previne danos à membrana celular em situações de estresse
oxidativo. O aumento de produção de melatonina promovido pela suplementação de minerais
como magnésio e zinco é importante já que pessoas que possuem um padrão de sono ruim
também costumam apresentar um aumento da ativação de mecanismo de estresse oxidativo.


Além disso, o magnésio também pode influenciar a melhora da qualidade do sono de maneira
indireta. Isso porque o magnésio modula as concentrações das enzimas do citocromo P450
(CYP), que estão envolvidas na ativação (enzima 1α-hidroxilase) e desativação (enzima 24-
hidroxilase) da síntese de vitamina D. O funcionamento de enzimas como a 1α-hidroxilase e
24-hidroxilase é dependente de magnésio, afetando biomarcadores da síntese e metabolismo
da vitamina D. Promover a produção mais eficiente de vitamina D endógena é uma forma
indireta de minerais como o magnésio contribuírem para a melhora dos padrões de sono, já
que a deficiência de vitamina D pode levar a uma má qualidade do sono.


Por isso, suplementos de magnésio, zinco, vitamina D e melatonina tem comprovação
científica de seus efeitos benéficos para melhorar a qualidade do sono e podem representar
uma terapia integrativa e livre de efeitos colaterais para o tratamento de distúrbios do sono,
promovendo a melhora da qualidade de vida em longo prazo.


Fonte:


Chan V, Lo K. Efficacy of dietary supplements on improving sleep quality: a systematic review
and meta-analysis. Postgrad Med J. 2021 Jan 13:postgradmedj-2020-139319. doi:
10.1136/postgradmedj-2020-139319. Epub ahead of print. PMID: 33441476.

Notícias relacionadas