Job Content

11/10/2023

A relação entre a composição da microbiota intestinal e o sistema respiratório é uma área de estudo em constante crescimento. 

Acredita-se que a microbiota intestinal desempenhe um papel importante na saúde respiratória. Assim, influecia a suscetibilidade a doenças do trato respiratório, incluindo infecções muito comuns durante os meses mais frios do ano.  

Pensando nisso, preparamos um conteúdo com tudo o que você precisa saber sobre microbiota intestinal. Entenda do que ela é composta, as alterações que ela pode causar e a relação com o sistema respiratório.

O Que É Microbiota Intestinal?

De modo geral, a microbiota intestinal é composta por diversos microorganismos, como bactérias, vírus e fungos, que residem no intestino. Eles têm uma interação complexa com o sistema imunológico e desempenham várias funções no organismo, incluindo a regulação da resposta imunológica. 

 

Com isso, alterações na composição da microbiota intestinal podem afetar a saúde do sistema respiratório. Sendo assim, desequilíbrios na microbiota, como uma redução na diversidade de espécies bacterianas benéficas, podem levar a um estado de disbiose, que está associado a um maior risco de desenvolvimento de doenças respiratórias. 

Entre os diferentes exemplos dessas doenças estão infecções respiratórias, alergias respiratórias e até mesmo a asma.  

Relação Do Sistema Respiratório Com A Microbiota Intestinal

Depois de entender sobre a microbiota intestinal é mais fácil entender o desequilíbrio que ela pode ocasionar a função imunológica. Consequentemente,  torna o organismo mais suscetível a infecções respiratórias, como resfriados, gripes e infecções do trato  respiratório superior. 

Além disso, a microbiota intestinal desempenha um papel na regulação do  sistema imunológico, incluindo a resposta alérgica. Alterações na microbiota podem estar associadas ao desenvolvimento de alergias respiratórias, como rinite alérgica, além de alergias alimentares que afetam o sistema respiratório. 

Vale ressaltar que estudos também sugerem que alterações na composição da microbiota intestinal podem estar relacionadas ao desenvolvimento da asma. Desse modo, acredita-se que um desequilíbrio na microbiota afete a regulação da resposta imunológica e a inflamação nos pulmões, contribuindo para o surgimento da doença.  

Como Melhorar A Microbiota Intestinal?

A dieta desempenha um papel importante na manutenção de uma microbiota intestinal saudável, que por sua vez pode influenciar a saúde respiratória. Vale lembrar que além de melhorar a saúde da microbiota e do sistema respiratório, a adoção de hábitos saudáveis também é importante para prevenir doenças infecciosas respiratórias. 

Logo, praticar exercícios físicos regularmente também pode ser uma boa estratégia, já que a atividade física pode fortalecer o sistema imunológico e melhorar a saúde geral. Algumas medidas de higiene também podem ser adotadas, como lavar as mãos regularmente, evitar tocar o rosto com as mãos não lavadas, além de evitar o contato próximo com pessoas doentes quando possível.

Cápsulas EFEOM LL1

Aliadas a essas iniciativas, o consumo de suplementos, como as cápsulas LL1, é ótimo para a manutenção da microbiota intestinal saudável. Isso porque, as fibras alimentares (FOS, GOS e beta-glucanos) presentes nas cápsulas LL1 são nutrientes essenciais para o crescimento e atividade das bactérias benéficas no intestino. 

Portanto, o consumo adequado de fibras pode promover uma microbiota diversificada e equilibrada, proporcionando efeitos positivos na saúde respiratória. Além disso, minerais como zinco, magnésio e selênio encontrados nas cápsulas LL1 também desempenham papéis importantes na função imunológica e na saúde geral do organismo.

O zinco, por exemplo, é essencial para a maturação e atividade de células imunológicas, enquanto o magnésio está envolvido na resposta inflamatória e o selênio atua como antioxidante. 

É importante destacar que uma deficiência na ingestão desses minerais pode comprometer o sistema imunológico e aumentar o risco de infecções respiratórias. 

Por isso, é importante incluir o consumo diário de alimentos ou suplementos como as cápsulas LL1 ricos nesses minerais para garantir a manutenção do equilíbrio do sistema imunológico.  

Conclusão

Com tudo o que apresentamos sobre a microbiota intestinal é possível entender a sua importância para o funcionamento correto do sistema respiratório e do corpo em geral.

Entretanto, é importante ressaltar que a melhora da saúde da microbiota e do sistema respiratório por meio da dieta e estilo de vida é uma abordagem complementar e não substitui a orientação médica. 

Com isso, em caso de problemas respiratórios persistentes ou recorrentes, é fundamental consultar um profissional de saúde para um diagnóstico e tratamento adequado. 

Para saber mais sobre nossos produtos, clique no banner abaixo. Caso queira acompanhar novos conteúdos, acesse nosso blog. 

Notícias relacionadas