efeom

22/03/2023

A obesidade é o primeiro sintoma da inflamação metabólica. A qual, por sua vez, é provocada pela disbiose ou desequilíbrio da microbiota intestinal.

São famosos os experimentos com camundongos ingerindo a mesma quantidade de comida, onde um está ganhando peso e outro perdendo. Quando se transfere a microbiota intestinal do gordo para o magro, este último começa a ganhar peso e vice e versa. A reação do organismo entre um e outro gera a obesidade.

Cada indivíduo é único

A composição da microbiota intestinal é única de cada indivíduo e é influenciada por diversos tipos de stress. Um deles é a dieta hipercalórica. Porém, outros tipos de stress, de ordem emocional ou química (medicamentos, conservantes de alimentos etc.), também podem provocar a disbiose da microbiota.

A obesidade é uma doença, causada muitas vezes pela genética, mas também pelo estilo de vida sedentário, pelo consumo excessivo de gordura, ausência de atividades físicas, entre outros, causando sérios problemas de saúde. 

A disbiose provoca desregulação de neurotransmissores, afetando o humor e o sono. As bactérias dos gêneros Escherichia coli, Bacillus, Ruminococcus e Lactobacillus ajudam a regular a disponibilidade da noradrenalina, dopamina, serotonina e GABA, no cérebro. GABA, é um ácido gama-aminobutírico, conhecido pela sigla inglesa Gaba (Gamma-AminoButyric Acid), é um neurotransmissor, ou seja, um mensageiro químico que transmite informações de um neurônio para outro, regulando o sistema nervoso. Ele é produzido naturalmente pelo organismo.  

Um sono de alta qualidade, com pelo menos 7 horas de duração, é essencial para reduzir o cortisol acumulado durante o dia e modular o sistema imune, de forma a evitar a instalação da inflamação metabólica. Para se conseguir o sono profundo, é preciso ter disponibilidade de serotonina no cérebro, a qual melhora o humor e é precursora da melatonina, que é a indutora do sono profundo.

É por isso que se diz que o sono emagrece as pessoas.

Como as cápsulas Efeom podem ajudar você

No livro Efeom, Prebióticos em Sinergia Contra o Stress, é mostrado como a reversão da disbiose da microbiota intestinal influencia no humor e na qualidade do sono. No livro, um experimento com as cápsulas Efeom LL1 + silimarina mostra que, após 180 dias, aproximadamente 70% dos voluntários passaram a apresentar melhoras significativas de sono, medidas por pulseiras tipo MiBand3.

Um artigo recentemente publicado pela USP, mostrou que num teste clínico com o uso de Efeom LL1 + Silimarina, em duplo cego, os voluntários que consumiram o suplemento apresentaram redução de 1cm de circunferência abdominal aos 90 dias e de 2cm aos 180 dias, sem mudanças de hábitos alimentares.

No entanto, não houve alteração do peso dos voluntários. Isso significa que houve troca de massa gorda por massa magra, pois a massa magra é mais pesada do que a massa gorda, impedindo a queda de peso, mas deixando a pessoa mais esbelta e definida. Aliás, testes pré-clínicos analisando o uso da Efeom LL1 + Silimarina, em camundongos, também já haviam indicado a troca de massa gorda por massa magra, com estabilidade de peso.

Também já há indícios de que os voluntários que usam a Efeom LL1 + Silimarina há mais tempo estejam começando a perder peso. Ou seja, após um certo tempo de troca de massa gorda por massa magra, os resultados começam a aparecer na balança.

Dessa forma, a composição Efeom LL1 + Silimarina pode ser indicada como auxiliar nos processos de redução de obesidade. Com a vantagem de não ter efeito rebote.
Quer saber mais informações sobre como reduzir o nível de obesidade, além de outros problemas de saúde, usando as cápsulas Efeom? Continue acompanhando nosso blog.

banner para download do e-book da Efeom

Notícias relacionadas